Graça e Gratidão - Palavras Essenciais
21/05/2015

GRAÇA E GRATIDÃO – PALAVRAS ESSENCIAIS

Apresentação

Feche os teus olhos, agradeça a Deus pelo alimento que você comeu hoje, agradeça a Deus por sua família, agradeça a Deus por sua vida, pelo seu corpo, agradeça a Deus pelas lutas que você tem passado, agradeça a Deus por tudo o que você tem experimentado. Feche os seus olhos e agradeça ao Senhor.

Oração Senhor nos te damos graças, nós te adoramos, te exaltamos por tudo o que o Senhor tem feito por nós, por todas as coisas que o Senhor tem feito, está fazendo e que vai fazer. Te damos graças pelas bênçãos, pelas dádivas, pelo alimento, pela vida. Te damos graças, porque tudo o que somos, o que temos, vem das Tuas mãos. Te damos graças, ó Pai, pela nossa família, pelos nossos amigos, pela nossa igreja, te damos graças pelas nossas dificuldades, problemas, limitações. Te damos graças ó Pai, porque o Senhor está conosco, te damos graças pelo seu filho Jesus, te damos graças pela salvação, por Tua Palavra, pela igreja, te damos graças por nossos amigos que estão aqui. Nós te agradecemos ó Pai tudo vem de Ti, toda boa dádiva, todo dom perfeito desce do céu, do Pai das luzes, tudo vem de Ti e nós queremos Te agradecer queremos Te exaltar, queremos Te bendizer nessa hora. Queremos Te pedir que o Senhor fale conosco, que a Tua Palavra nos ensine, que a Tua Palavra nos exorte, que o Senhor possa ministrar a cada um aqui, ó Pai, em nome de Jesus. Que os nossos corações e as nossas mentes estejam abertas para receber a Tua Palavra, para ter o coração abençoado, edificado, encharcado do Espírito Santo e da graça de Deus. Que a Tua graça se manifeste em cada pessoa, em nome de Jesus, eu oro e te agradeço, amém”.

Eu vou ler um texto bíblico do Evangelho de Lucas, está em Lucas capítulo 7 versos 36 a 50, você pode acompanhar na sua bíblia ou você pode acompanhar aqui comigo nessa leitura. São catorze versículos da Palavra de Deus e eu quero convidar você a ir para um jantar, jantar com Jesus, você sentar na mesa com Jesus e você entender que nesse jantar, nesse momento, nessa história, nessa noite, o Senhor nos ensinou coisas extraordinárias, o Senhor ensinou coisas essenciais para qualquer pessoa nesse jantar que Jesus foi convidado. Então nós vamos ler o texto bíblico e depois eu vou trazer algumas verdades deste texto para todos nós. Vamos tentar ler todos juntos este texto, que diz o seguinte:

 

36 Convidado por um dos fariseus para jantar, Jesus foi à casa dele e reclinou-se à mesa.

37 Ao saber que Jesus estava comendo na casa do fariseu, certa mulher daquela cidade, uma ‘pecadora’, trouxe um frasco de alabastro com perfume,

38 e se colocou atrás de Jesus, a seus pés. Chorando, começou a molhar-lhe os pés com as suas lágrimas. Depois os enxugou com seus cabelos, beijou-os e os ungiu com o perfume.

39 Ao ver isso, o fariseu que o havia convidado disse a si mesmo: "Se este homem fosse profeta, saberia quem nele está tocando e que tipo de mulher ela é: uma ‘pecadora’".

40 Respondeu-lhe Jesus: "Simão, tenho algo a lhe dizer". "Dize, Mestre", disse ele.

41 "Dois homens deviam a certo credor. Um lhe devia quinhentos denários e o outro, cinqüenta.

42 Nenhum dos dois tinha com que lhe pagar, por isso perdoou a dívida a ambos. Qual deles o amará mais? "

43 Simão respondeu: "Suponho que aquele a quem foi perdoada a dívida maior". "Você julgou bem", disse Jesus.

44 Em seguida, virou-se para a mulher e disse a Simão: "Vê esta mulher? Entrei em sua casa, mas você não me deu água para lavar os pés; ela, porém, molhou os meus pés com as suas lágrimas e os enxugou com os seus cabelos.

45 Você não me saudou com um beijo, mas esta mulher, desde que entrei aqui, não parou de beijar os meus pés.

46 Você não ungiu a minha cabeça com óleo, mas ela derramou perfume nos meus pés.

47 Portanto, eu lhe digo, os muitos pecados dela lhe foram perdoados, pelo que ela amou muito.

48 Mas aquele a quem pouco foi perdoado, pouco ama".

49 Então Jesus disse a ela: "Seus pecados estão perdoados".

50 Os outros convidados começaram a perguntar: "Quem é este que até perdoa pecados? "Jesus disse à mulher: "Sua fé a salvou; vá em paz". Lucas 7:36-50

                                       

Introdução:

O Jantar social

Eu vou explicar como era o jantar no tempo de Jesus. Um jantar era um evento social e quando você convidava alguém para a sua casa, a sua porta ficava aberta, não tinha grade, não tinha muro, todo mundo podia entrar no jantar, para ver a conversa, ouvir a conversa das pessoas. Então quando Simão que era um fariseu, um líder religioso convidou Jesus, todo mundo falou assim: vamos ver o que eles vão conversar, porque Jesus é considerado um profeta, polêmico e o Simão chamou Jesus para sua casa, e o pessoal falou assim: vamos ver o que vai sair dessa conversa. Então todo mundo podia ir, entrava, cercava a mesa, e a mesa não era como a nossa mesa, não era essa cadeira, as pessoas sentavam no chão, reclinavam-se num tipo de uma poltrona com o lado esquerdo, colocavam os pés para trás, e comiam com a mão direita. Era assim que era a mesa nos tempos bíblicos. A pessoa sentava no chão, reclinava com o braço esquerdo e comia com o braço direito e os pés ficavam para trás. E esse era o contexto. A etiqueta da época, o costume da época era que quando você convidava alguém essa pessoa tinha uma estima, consideração, um convidado especial, o que você fazia como anfitrião: Quando a pessoa chegava na sua casa, ele chamava um dos servos da casa, ele vinha com uma bacia com água e chegava ali e você sentava e o servo lavava os seus pés, porque era assim, as poeiras, não existia esses sapatos, então o servo vinha e lavava os seus pés para você sentar à mesa com os pés limpos. Depois, o anfitrião, você sentava e o anfitrião vinha, e pegava o perfume e passava na sua cabeça, o óleo, o azeite e beijava o convidado para dizer: você é especial, eu estou alegre de ter você aqui na minha casa, eu estou com o meu coração grato por você me dar essa honra de receber você.

 

Simão, o Fariseu

Agora, Simão, o fariseu, ele chamou Jesus para o jantar, mas ele chamou Jesus para uma armadilha. A intenção dele não era exaltar Jesus, não era elogiar Jesus. Muito pelo contrário, ele queria, na idéia dele, desmascarar Jesus, então ele pensou: eu vou fazer uma ofensa pública com esse homem. Por que esse homem deve ser um impostor, um falso profeta. Então quando Jesus veio na casa dele, ele comete ofensas, afrontas com Jesus, ele humilha Jesus. Quando você convida alguém, não pede ao servo para lavar os pés, você não unge a cabeça, você não beija, você está ofendendo seu convidado, você está dizendo: o meu convidado não é digno, não merece, é desprezível. Olha, ele está aqui, mas ele não merece a honra de um convidado. E no Oriente Médio até nos dias de hoje, as leis da hospitalidade são leis sagradas, são coisas estabelecidas até os dias de hoje, até alguns lugares hoje ser um bom anfitrião é uma regra sagrada. E o Simão quebrou tudo isso porque ele queria provocar Jesus, ele queria instigar Jesus, ele queria deixar Jesus com raiva, ele queria mexer nos brios de Jesus. Ele queria que Jesus revelasse que Ele era um falso profeta. Então Jesus chegou lá e ele fez tudo isso, Jesus está sentado à mesa e todo mundo está em volta, e está todo mundo já comentando: nossa! ninguém lavou os pés dele, os pés dele estão sujos, nossa, a cabeça dele não foi ungida com óleo, nossa, Simão não o beijou, nossa, olha o que Simão fez com ele, violou as leis sagradas, a hospitalidade. Simão está humilhando esse homem, ele está sendo humilhado publicamente, diante de todos, e o pessoal está comentando esse negócio.

E está todo mundo na expectativa: e agora? Como é que Jesus vai lidar com essa ofensa? Como é que Jesus vai lidar com essa afronta? Como é que Jesus vai lidar com esse insulto público?  E o pessoal está lá! E está todo mundo vendo aquilo. Aí entra na casa, porque era um evento aberto, uma mulher, que a bíblia chama de “pecadora”, provavelmente ela era uma prostituta, uma mulher da escala social pior, a pior dos tempos bíblicos.  A mulher desprezada entra e vê aquele insulto, e ela vê Jesus e ela já tinha conhecido Jesus, já tinha ouvido Jesus, ela já sabia quem Jesus era, ela já tinha provado da graça de Cristo, então ela vê Jesus ser insultado, ela não se agüenta, ela se lança aos pés de Jesus e começa a chorar copiosamente aos pés de Cristo e com as suas lágrimas ela começa a lavar os pés de Cristo, depois ela seca com seus longos cabelos, porque as mulheres não podiam mostrar os cabelos em público, mas ela mostra, ela foi empurrada por aquilo. Jesus está sendo desprezado, humilhado, ela não se agüenta, ela se lança aos pés de Jesus, chora, chora, lava os pés de Jesus, seca os seus pés com seus cabelos e começa a beijar os seus pés, pega um perfume caríssimo e passa nos pés de Jesus. E daí, o Simão está falando dentro de si: esse homem é um falso profeta. Provei o que eu já sabia! Esse homem é um impostor, é um embusque, essa mulher é uma pecadora, prostituta, está lavando os pés dele e ele deixa, ele fica quieto e não faz nada! E aí está todo mundo lá conversando e conversando e aí Jesus se manifesta e fala: Simão eu tenho algo para lhe dizer, e ele fala dize mestre (hipócrita, mentiroso), dize mestre!

 

Quem amará mais?

Jesus estava lá na armadilha e agora Jesus fala: Então Simão, se prepara, se prepara que eu vou lhe contar uma breve história. Dois homens deviam a um credor. Um devia 500 e outro devia 50 e nenhum dos dois tinha como pagar, nenhum dos dois! Eles não tinham como pagar as suas dívidas, não tinha! O credor olhou para eles e falou assim: Vou perdoar vocês, está perdoado, vocês não me devem mais nada! Rasga a dívida, a promissória, a duplicata, está perdoado. Jesus fala: E agora Simão, quem é que vai amar mais o credor? Aí o Simão fala: Penso que aquele que devia mais! E Jesus fala: respondeu bem Simão, respondeste bem. Aí Jesus fala: olha Simão, quando eu entrei na sua casa, ninguém lavou os meus pés, quando eu entrei na sua casa ninguém ungiu a minha cabeça com óleo.

 

Ela amou muito

Quando eu entrei na sua casa, você não beijou o meu rosto, quando eu entrei na sua casa Simão, você me humilhou, você me desprezou e você me insultou. Mas esta mulher, ela mesma lavou os meus pés com as suas lágrimas, ela mesma enxugou os meus pés com o seu cabelo, ela não beijou o meu rosto, ela não se considera digna, ela beijou os meus pés. Simão, você não ama, você não é grato, porque você não entendeu o que está acontecendo aqui Simão, mas ela entendeu, ela entendeu o que estava acontecendo. Eu quero irmão explicar isso pra vocês, eu quero mostrar pra vocês: o que é uma pessoa grata e o que é uma pessoa ingrata. Eu quero mostrar para vocês o que faz uma pessoa ingrata e o que faz uma pessoa grata. As pessoas ingratas são as piores pessoas do mundo. São as mais críticas, as mais ranzinzas, as mais murmuradoras, as mais difíceis. As pessoas ingratas são as pessoas mais orgulhosas, mais presunçosas, as pessoas mais difíceis de lidar, de se relacionar, são as pessoas que não conseguem manter a amizade, se relacionar no seu trabalho, com a sua família. As pessoas ingratas tem algumas características. Este texto mostra isso: uma pessoa ingrata e uma pessoa grata - à Deus e à vida, à tudo, tudo- Simão é um pessoa ingrata. Simão é um ingrato. E eu quero que você observe aqui o que está acontecendo naquele jantar. Por que o que Jesus mostra? Jesus mostra o interior, Jesus está mostrando as motivações, os pensamentos, o que está escondido, e Ele está explicando isso para nós aqui. O que pode mudar a nossa vida é quando você entende o evangelho. Quando você entende o evangelho isso muda a sua vida, muda os seus valores, muda tudo. Então vamos dar uma olhada no perfil do Simão, para você perceber o que Jesus está dizendo e eu quero que você preste bastante atenção porque eu já fui um Simão. Talvez você seja um Simão também, talvez você seja uma pessoa assim também. Talvez você não saiba, mas talvez você tenha as mesmas características que impedem você de desfrutar o bem de Deus e a graça de Deus neste mundo. Veja bem: Quem é Simão?

 

O ingrato

1.CHEIO DE JUSTIÇA PRÓPRIA;

2.NÃO SE ENXERGA;

3.JULGA-SE MELHOR QUE OS OUTROS;

4.ORGULHOSO, INSENSÍVEL, CRÍTICO, LEGALISTA E PRESUNÇOSO;

5.ATITUDE: “EU MEREÇO, DEUS ME DEVE”;

6. NÃO “PRECISA” E NEM ADORA JESUS.

 

Simão, ele é cheio de religião, ele é cheio de justiça própria, ele é cheio de mérito. Ele diz assim: Eu sou um bom religioso, eu tenho uma religião. Eu nunca matei, eu nunca roubei, eu nunca fiz mal pra ninguém, eu mereço, eu mereço a salvação, eu mereço o que tenho, eu mereço tudo o que eu conquistei e o que conquistei foi na força do meu braço, eu mereço. O Simão é cheio de justiça, ele acha que ele é o cara, então ele olha e julga os outros, ele olha e se julga melhor que os outros. Ele olha para aquela mulher e você é uma gentalha, ele olha para Jerusalém, você é um impostor, ele olha para o resto da humanidade e diz: Eu estou acima. O Simão não se enxerga! Ele enxerga o mundo mas ele não enxerga o seu interior. Ele só vê o que é aparente, externo, ele só vê o que lhe convém, ele não consegue enxergar o seu coração, ele não consegue enxergar a sua alma, as suas motivações, os seus pensamentos, ele não consegue enxergar como Deus o enxerga. Como Deus enxerga Simão? Deus enxerga que Simão é um orgulhoso, que Simão é um insensível, é crítico, é legalista, é presunçoso, é soberbo, é arrogante, é preconceituoso. O Simão, ele na parábola, é quem deve mais! Você entendeu? Jesus está dizendo a Simão a mulher devia 50 mas você deve 500 cara! Você é um miserável, pecador, você é um desgraçado, soberbo, presunçoso, mas você acha que você é o bom! Você acha que você não precisa de mim! Você acha que você pode entrar no céu com a sua própria força, com a sua religião, porque você não se enxerga! O maior dom e a maior graça que Deus concede a uma pessoa é quando ela se enxerga, é quando ela se vê com o olhar de Deus, é quando ela consegue olhar para o seu coração e diz assim: eu sou um miserável pecador, iníquo. É quando o ser humano olha para dentro de si e percebe assim a única coisa que eu mereço Senhor é que o Senhor escancare as portas do inferno e me lance lá dentro!

Porque desde que Adão pecou, todo ser humano que entrou nesta terra carrega em si a marca da depravação, do egoísmo, da soberba, da presunção. Todos nós, depois que o pecado entrou, somos parecidos com o diabo. Ninguém gosta desta pregação mas é a verdade, é a verdade! É o que a bíblia diz que “todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” Romanos 3:23, todos pecaram! A bíblia diz que ninguém merece, que ninguém é digno, que todo habitante deste planeta carrega em si a marca do pecado. Então quantas pessoas eu já conversei e eu falo: você precisa de Jesus, você precisa ir à igreja, você precisa ler o Evangelho, e a pessoa diz assim pra mim: eu já ouvi isso. Pastor, eu nunca matei ninguém, eu não roubei ninguém, eu não faço mal pra ninguém, eu sou uma boa pessoa, eu não preciso de Deus, eu não preciso de igreja, eu não preciso de Salvador, Jesus dá licença, eu me salvo a mim mesmo!

Eu tenho uma péssima notícia pra você: os seus pecados são impagáveis, os seus pecados você não pode pagar, você pode fazer as boas obras que for, mas nunca vai compensar porque Deus é Santo e justo, o seu pecado feriu a honra de Deus e fere o universo, a ordem moral do universo. A lei de Deus decreta: a alma que pecar, essa morrerá. Sobre você e sobre mim está a sentença da lei de Deus, sobre nós está a condenação, sobre nós está a justiça de Deus! Você pecou, você é pecador, você não tem jeito de ser salvo, de ser perdoado por seus méritos. Não tem como pagar essas dívidas, não tem, não tem!

Não tem jeito, a lei de Deus é alta demais, o padrão de Deus é alto demais! Não matar, não roubar é obrigação de todo ser humano! A lei de Deus excede! A lei de Deus diz se você odiar uma pessoa, você já assassinou! Se você desejar uma mulher, você já adulterou! Se você cobiçar o bem do outro, você já roubou! A lei de Deus é interior, e o nosso interior é podre.

O Senhor está dizendo: Simão, Simão você é ingrato, você é crítico, você é ranzinza, porque, Simão, você acha que você merece, você acha que você merece! Irmãos e irmãs, eu queria te dizer hoje com todo amor, que se você chegar para Deus com todo amor e falar Senhor dá o que eu mereço! Nunca peça isso para Deus. A única coisa que nós merecemos é a condenação eterna. Nem uma coisa boa que você faz, nem uma obra de justiça, de caridade têm peso, porque elas ainda estão manchadas pelo nosso egoísmo, com a nossa maldade, com a nossa iniqüidade. Nunca peça isso para Deus.

Mas o Simão achava, uma pessoa que ele acha que Deus deve para ele. Ele acha que Deus deve para ele. Senhor, você me deve uma vida boa, o Senhor me deve coisas boas, ele acha que as pessoas devem para ele. Você conhece gente que acha que todo mundo deve pra ele? Que a vida tem que servir, os amigos tem que servir, os parentes tem que servir, são pessoas muito melindrosas, pessoas muito delicosas, são pessoas que acha que o outro tem que me servir, eu tenho que ser servido, tem que fazer pra mim, olha quem eu sou, você sabe com quem você está falando! 

Então, a pessoa ingrata é uma pessoa insuportável, porque ela acha que a vida, o mundo, o universo, as pessoas, a família, a igreja, Deus, devem pra ela, então, é ingrata! Então, por exemplo: perceba porque a cultura americasa, mesmo hoje nos Estados Unidos, mesmo hoje estando divorciados de Deus, uma boa parte dos Estados Unidos não quer saber de Deus, mas na cultura americana há um valor surpreendente da gratidão. Porque as pessoas lá, mesmo as que não creem em Deus, estudou na faculdade. A pessoa se formou, ganhou um bom dinheiro, a pessoa ficou rica, acontece inúmeras vezes nos Estados Unidos. Ele pega boa parte do seu dinheiro e doa para sua escola, para sua faculdade. É o país que mais faz doações no mundo, não é só porque é um país rico, é que tem uma cultura de gratidão, de doação, de entrega, de fazer isso para os outros, porque é uma nação que começou sobre os princípios que reconhecem, não somos nós que merecemos, é Deus que nos deu!

Agora na cultura brasileira é o seguinte: graça na cultura brasileira, você tem que fazer uma penitência para Deus te dar a graça! Então graça, aqui para nós, é um favor merecido, mas na bíblia, a graça é favor imerecido, ou seja, se você acha que você conquista, que você troca, que você barganha, quando você recebe você acha é meu, é só meu, eu mereço! E aí, a cultura nossa é egoísta, é mesquinha, os ricos brasileiros são os mais mesquinhos do planeta, e os ricos americanos são os mais generosos e doadores, por causa do princípio. Aqui a gente aprende, no Brasil, que Deus ajuda quem cedo madruga. No evangelho Deus diz que Aos seus amados Ele dá enquanto dormem Salmo 127.1  No evangelho diz que aquilo que nós temos, não é fruto do nosso braço, é fruto da bondade e da misericórdia de Deus. Percebe que uma cultura que é baseada na capacidade, na conquista humana gera pessoas egoístas, ingratas, insensíveis? E uma cultura onde a pessoa reconhece que não sou eu, não fui eu, eu precisei dos outros e precisei de Deus, por isso eu devo agradecer, é diferente. Mas as pessoas ingratas acham que o mundo deve para ela, que Deus deve para ela, que ela é merecedora, que ela é melhor, que ela é superior, que ela está acima, que ela está acima dos outros e que pode criticar, julgar e se colocar acima dos outros.

Esse é Simão. Simão na cabeça dele, ele não precisa de Jesus, ele não precisa de Salvador, às vezes eu fico pensando: algumas pessoas, elas se acham tão boas. Você acha que porque é que Jesus teve que sofrer naquela cruz? Porque que Jesus teve que apanhar, sofrer, o pecado, aquele sofrimento cruel, o sangue derramado, aquele assassinato. Por que Jesus morreu naquela cruz se você é tão bom, cara?  Você já parou para pensar? Se a sua religião é tão boa para te levar para o céu, pra que Jesus morreu na cruz? Jesus foi um tolo, porque você já é o bonzão da boca! Você acha que você vai chegar lá e falar: Deus, eu mereço! Eu conquistei, olha as boas obras, olha a caridade, olha a penitência, olha a religião. E o Senhor vai falar: cara você não entendeu nada, você não entendeu nada! Jesus morreu naquela cruz porque nada que você faça pode pagar a sua dívida, pode pagar o seu pecado, pode pagar a sua condenação. Jesus morreu naquela cruz, porque você precisa de um Salvador, você precisa de um redentor, você sozinho não pode, você sozinho não consegue, não conquista, é por isso que Jesus morreu na cruz em seu lugar, é por isso que quem matou Jesus foi você! Quem colocou o prego lá foi você,  foi você, não foram os romanos, não foram os soldados, foi você!

Aquela lança enfiada aqui em Jesus foi você e eu que enfiamos nele. Quem matou Jesus foi você e eu, não foi ninguém mais além disso. Agora, se você acha que você vai ser salvo por conta própria hoje aqui você diz pra você mesmo: glória a mim, eu sou meu salvador, eu sou meu redentor, eu sou conquistador. Deus, dá licença aí porque eu consegui o meu direito! E você vai se estrepar no final das contas. Isso é uma pessoa ingrata. Isso é o fariseu, isso é uma pessoa cheia de méritos, isso é uma pessoa que não se relaciona com ninguém, isso é alguém que está sempre acima dos outros, esse é o Simão. E a religião, pessoas religiosas tem a tendência de ser assim. Pessoa que tem muitos anos de freqüência a uma igreja, a uma religião, tem a tendência de ser assim. Agora, as pessoas gratas são como as prostitutas, e aí eu lembro um texto que Jesus falou que muitas prostitutas, meretrizes e pecadores vão entrar no reino de Deus, e muitos religiosos não vão. Jesus falou isso por quê? Porque o pecado dela está evidente.

 

A pessoa grata:

Ela reconheceu que é pecadora, ela sabe que é pecadora, ela olhou para dentro de si e ela sabia que era pecadora, eu sou condenada, mas Jesus o Filho de Deus me amou, Ele está aqui, Ele me perdoou e me apoiou, ele olhou para mim, ele falou comigo. A mulher olha para Jesus e olha para si e se enxerga: eu sou pecadora. Ela sabe que é indigna de Cristo, ela sabe que ela não é digna de Jesus, não é digna da salvação, não é digna de Deus, ela sabe! Que ali está o Filho de Deus, o único homem Santo que viveu, o único homem perfeito na encarnação do Deus vivo e ela se vê como indigna. A única parte de Jesus que ela pode chegar é os pés. Ela sabe que ela é indigna e mais: ela recebe o perdão de Jesus pela fé.

A fé irmãos, não é uma barganha, a fé não é uma troca, a fé é a pessoa que diz Deus eu recebo pela fé, eu recebo aquilo o que o Senhor fez por mim, eu recebo, o Senhor me ama, o Senhor me perdoa, o Senhor vai morrer na cruz, eu recebo esse perdão, eu não brigo com isso, se o Senhor me perdoou eu vou me perdoar, eu vou me aceitar, e vou receber esse perdão na minha vida, eu não vou ficar sendo escravo da dúvida, da culpa, da condenação, eu recebo esse perdão. Isso é fé. A fé não é uma moeda de troca, não é uma barganha, a fé é a recepção do dom de Deus. A mulher se humilha prontamente, voluntariamente ela se lança aos pés de Jesus. Generosamente ela derrama o frasco de perfume, ela chora copiosamente. Essa mulher teve a experiência da graça, a graça como favor imerecido, a graça de Deus, do Filho de Deus, o Santo de Deus desceu ali, está diante dela, o Único que podia condená-la, o único que podia julgá-la está ali e diz assim: Eu não te condeno, Eu não te condeno, você está perdoada. A mulher que tem essa noção ela ama, ela é agradecida, ela agradece a Deus, ela adora a Jesus, ela adora o Senhor e se torna grata por tudo.

Quem teve a experiência da graça não reclama de nada! Quem teve a experiência existencial da graça, tudo na vida é lucro. Quem recebeu o favor de Deus. Deus a minha vida é graça. Tudo o que eu recebi e tudo o que eu tenho foi da tua bondade, da tua graça. Eu não mereço, eu não sou digno, eu não conquistei, mas foi o Senhor que me deu.

Quem teve a experiência da graça é naturalmente, espontaneamente, voluntariamente  grato. É grato, é grato. O Filho de Deus está ali, Simão é um dos homens mais privilegiados da historia do universo. Jesus está na sua casa, mas ele está de nariz empinado: Eu sou melhor que Jesus.

Jesus está ali e a mulher ela se prostra, ela chora, ela diz: aqui está o amor, aqui está a bondade, aqui está a misericórdia, aqui está a minha nova vida, aqui está o perdão dos meus pecados. Ela se lança, ela chora, ela beija, ela se entrega e ela diz assim: isso é uma pessoa grata, isso é uma pessoa grata. Quem é grato irmãos, quem tem a experiência da graça, olha pra vida e diz assim: tudo o que me vier é lucro, tudo o que me vier é lucro. Deus já me deu o melhor que Ele tinha, Ele deu Jesus por mim. Deus me deu Jesus, Jesus morreu na cruz para me salvar, perdoou os meus pecados, rasgou as minhas dívidas, pagou o meu pecado, levou a minha condenação, Jesus já fez isso por mim! Eu que mereceria morrer e ser condenado, Ele me amou, me justificou, me perdoou, me salvou e me deu de graça, eu recebi pela fé. E agora, e agora? Agora eu não tenho direitos, agora eu não tenho méritos, agora eu não tenho motivos para reclamar, agora eu não tenho motivos para murmurar, porque é tudo graça, tudo graça de Deus. Você entendeu?  Você entendeu que até a morte é graça de Deus para nós? Você entendeu que até a doença é graça de Deus para nós? Você entendeu que respirar, que existir, é bondade de Deus? Você entendeu que a sua vida, a sua história, foi a mão do Senhor que esteve com você? Você já parou para pensar que tudo, tudo em sua vida é dado pela bondade do Senhor? E na sua vida, o melhor que você tem pra fazer pra Deus, é receber o que Deus dá pra você. E quando a graça te envolve, o seu coração volta-se para Deus espontaneamente, generosamente, voluntariamente. Você volta-se para Deus e se derrama, e adora, e diz: Deus, eu não merecia. Eu não sou digno, mas o Senhor me tirou. Eu que era um Simão, orgulhoso, presunçoso, hipócrita, egoísta, o Senhor me amou, o Senhor me perdoou, o Senhor me salvou.

Eu queria terminar com essa frase que o Senhor colocou no meu coração. Pode passar.

Antes, quem consegue enxergar o seu interior? Quem enxerga o amor e o perdão de Deus? Quem recebe a graça em sua alma? Esse ama mais. Quem são essas pessoas que amam mais? São essas pessoas. Tem gente que freqüenta a igreja há vinte anos e a vida nunca muda. Tem uma pessoa que vem uma primeira vez, e ela tem a experiência da graça e a vida dela muda completamente. Tem gente que está vivendo vinte anos e no coração tem raiva, tem mágoa, ressentimento. E tem alguém que chega de uma hora para outra e experimenta a graça, a pessoa enxerga o seu interior, eu não mereço, eu não sou digno, aí a pessoa enxerga o amor e o perdão de Cristo. Deus me ama, Deus me amou, Ele morreu por mim, e você se enxerga, e aí quem recebe a graça de Deus em sua alma, e essa pessoa está sempre no lucro, na gratidão, está sempre na bênção, está sempre na alegria, porque Deus já me fez tudo isso. E aí, essa frase que Deus colocou em meu coração que eu quero que você guarde na sua alma:

Tudo em Deus é Graça

Assim, tudo em nós deveria ser gratidão


Quando você conhece o Deus gracioso, tudo em você é gratidão, tudo em você é gratidão, tudo, aí, acabam-se os motivos para murmurar. Acabam-se os motivos para brigar, para criticar, para ser irritado, murmurão, azedo, briguento, pessoa irasciva, irada, pessoa que se considera melhor, que briga com todo mundo. Quando você experimenta a graça, aí você diz: Senhor eu te agradeço por minha família, meus filhos, meu esposo, meu trabalho, meus vizinhos, meu corpo, tudo o que eu tenho é graça do Senhor. Eu não mereço! Aí a pessoa se torna generosa, bondosa, misericordiosa, humilde, porque ela experimentou graça. E tudo o que deve ter no coração do cristão, é gratidão. Você entendeu? Você entendeu então, meu amigo? Pare de reclamar, pare de murmurar, experimente falar Deus eu quero experimentar de sua graça aqui na minha alma, quero deixar de pensar nisso, quero experimentar para ser uma pessoa grata, para ser uma pessoa grata, para ser uma pessoa grata, para ser uma pessoa grata, que aprende que em tudo a gente deve dar graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus. E hoje já existe na Europa o Instituto da Gratidão. Médicos europeus descobriram que pessoas gratas são mais felizes, pessoas gratas vivem mais, pessoas gratas tem mais alegrias, pessoas gratas tem isso, agora quem é ingrato, morre mais cedo, porque é assim que Deus criou o universo. É assim que deve ser! Porque eu estou pregando isto?Porque Deus criou você porque Deus criou o universo, porque Deus criou a raça humana, porque um dia o Pai, o Filho e o Espírito Santo, que se amavam na eternidade, falaram: vamos criar um ser livre, racional, para ter comunhão conosco, para entrar dentro da Santíssima Trindade. Vamos criar, para amá-los, porque o amor não cabe em si, porque Deus criou o ser humano para amar você, porque Deus criou o planeta terra por graça, porque Deus criou você para amar você, para dar pra você a salvação, porque Deus criou tudo o que existe por amor a você, por graça, por graça. Tudo de Deus é graça, até a ira, a justiça de Deus é graça, é bondade, é favor imerecido, você não merece, mas Deus é gracioso.

Eu estou pregando isto para te humilhar e para te salvar. Estou pregando isto para que você olhe para dentro de você e olhe para Cristo e receba a graça de Cristo. Estou pregando para você olhar para sua história de vida, toda a sua história de vida. Todos os anos da sua vida, todos os dias da tua vida diga: Deus eu te agradeço por todos os dias da minha vida, pois o Senhor estava ali me abençoando, louvado seja o teu nome. Eu te agradeço por todas as dores, por todas as lutas, por tudo o que passou, porque o Senhor estava comigo. Eu te agradeço pelas dificuldades, eu te agradeço pelos problemas, te agradeço porque o Senhor tem trabalhado em mim, eu não mereço, mas eu sei que a bondade e a misericórdia do Senhor certamente me seguirão todos os dias da minha vida. Isso é gratidão, isso é gratidão.

Você sente vontade de se prostrar aos pés de Jesus e dizer: graças Senhor, eu te agradeço pelo alimento, eu te agradeço pela vida, eu te agradeço por essas frutas, eu te agradeço pelos meus amigos, eu te agradeço por essa igreja, eu te agradeço, Senhor, eu te agradeço.  

Começamos o culto cantando “Senhor que seja meu universo” desde o primeiro dia da manhã, que seja o meu primeiro pensamento, que quando eu vir o sol, a tua graça me invada, que a gratidão envolva o meu ser em tudo o que eu fizer.

Eu queria convidar você hoje para experimentar a graça de Deus na sua vida. Para falar: Deus eu quero essa graça, eu quero que o Senhor destrua o meu orgulho, a minha soberba, eu quero te agradecer por coisas que eu nunca agradeci. Quero te agradecer por problemas, quero te agradecer por pessoas difíceis, quero te agradecer por dificuldades, quero te agradecer porque o Senhor está trabalhando na minha vida. Eu quero te agradecer porque eu sei que o Senhor age em todas as coisas  para o meu bem. Eu quero te agradecer, eu quero te agradecer até pelas coisas que eu reclamo e eu quero te pedir perdão e eu quero te agradecer. Porque se o Senhor me deu Jesus, o Senhor está me dando tudo o mais que eu preciso. Eu quero te agradecer. Eu queria desafiar você hoje aqui neste lugar a agradecer a Deus de coração, por tudo, tudo, tudo. Por toda a sua vida e falar Deus eu quero receber a tua graça. Eu quero que a tua graça invada o meu ser, a minha alma, tudo o que eu sou e comova o meu coração e mude a minha vida, e tire da minha alma o azedume, a amargura, o ressentimento, eu quero agradecer. A gratidão cura tudo isso. Eu quero desafiar você a receber a graça de Deus hoje, em nome de Jesus, fala: Deus eu preciso. Eu vou orar, quero convidar você a fechar os seus olhos e orar neste instante.

Simão não se dobrou diante de Jesus. O maior privilégio, a maior glória estava na casa dele, mas ele não se enxergou, ele não enxergou Jesus. Você está hoje aqui e você ainda não se enxergou como um pecador que precisa de Cristo, que precisa da graça, que precisa de perdão. Talvez você ache que você merece, que você é digno, o Senhor está falando com você: quebre o seu orgulho, renda-se aos pés de Jesus, humilhe-se diante dEle, quebrante a sua alma, reconheça, reconheça o seu pecado e diga: Senhor eu preciso, eu preciso. Feche os seus olhos e ore ao Senhor. Eu quero fazer duas orações.

Primeira oração eu quero orar por você, que precisa experimentar a graça de Deus na sua vida, que precisa ser salvo, que precisa ser convertido ao Senhor, que precisa entregar a sua vida pra Jesus, que precisa se lançar aos pés de Jesus e dizer: hoje Senhor Eu preciso. Eu preciso de perdão, preciso de salvação, eu preciso da tua misericórdia, eu preciso ser salvo, porque eu não tenho certeza, porque se eu morrer hoje eu não sei para onde vou, eu preciso ter certeza no meu coração que eu sou salvo, que eu fui perdoado, eu quero Jesus na minha vida. Eu quero orar por você. Se você hoje quer receber o perdão de Deus, a salvação de Cristo, onde você está, eu quero que você fique em pé e eu vou orar com você. Eu quero que você tome uma decisão, em nome de Jesus. Fique em pé onde você está. Coloque a sua vida diante de Deus. Coloque a sua vida, eu preciso do perdão, eu preciso sentir o  seu perdão, eu preciso ter certeza da salvação, eu preciso de Cristo na minha vida. Coloque diante do Senhor a sua vida.

1ª oração Senhor Jesus, o Senhor ama cada um dos irmãos e irmãs aqui, e a sua graça é poderosa, a sua graça é salvadora, e ó Deus tu és o que perdoa todos os pecados, o Senhor é que restaura todos os pecadores, o Senhor é quem purifica o coração e liberta a alma. Eu oro por esses irmãos e irmãs para que a tua graça se manifeste poderosamente, eficazmente, salvadoramente nessas vidas, que o Senhor apague os pecados e perdoe os pecados e que o Espírito Santo testifique com o coração, testifique na alma que são filhos de Deus, que os seus pecados foram perdoados, que foram livres, que foram salvos, que foram redimidos pelo sangue de Jesus. Visita cada um aqui meu pai, com a Tua graça, com a Tua misericórdia, com o teu amor e com tua bondade, envolva, abrace, em nome de Jesus, tire o peso, tire o fardo, que sintam o grande amor de Deus, a bondade e a misericórdia do Senhor no coração, que cada um experimente aqui a extensão, a largura, a altura e a profundidade do amor de Cristo e experimente a paz de Deus que excede todo entendimento. Eu oro, ó Deus, por salvação, por libertação em nome de Jesus nestas vidas, para glória de Deus. Aleluia, amém”.

Agora eu quero fazer outra oração. Eu queria desafiar você para agradecer por coisas que normalmente você reclama. Num dia de oração aqui eu fiz esse desafio pela manhã e depois nós fomos orar em dupla e eu cheguei ao seu Salvador Dias e falei eu quero agradecer porque quase todo dia quando eu vou buscar meu filho na escola eu reclamo. Aí o seu Dias falou assim: pois saiba que enquanto você está aí reclamando, seu filho está lá agradecendo que bom que meu pai veio me buscar! E a partir daquele dia que nós oramos, toda vez que eu vou buscar meu filho na escola, eu vou agradecendo a Deus pelo meu filho, pela escola, por eu poder ir, por tudo o que o Senhor tem me dado. Quando a gente agradece tudo, tudo muda. Até o que é difícil, até o que é ruim, fica bom. Quando a gente agradece, os nossos olhos são lavados. Quando você olha pra trás, de coisas ruins que você passou e hoje você agradece e vê a mão de Deus, aquilo vira uma história linda do amor do Senhor. Coisas difíceis que nós já passamos, você olha e diz: obrigado Senhor. Tudo muda, tudo muda porque Deus mudou o seu coração e seu olhar. Quando a gente agradece tudo se transforma, quando a gente agradece tudo muda. Henri Martin, um grande pastor do passado ele foi roubado e ele escreveu no diário dele: Eu agradeço ao Senhor em 1º lugar: porque eu tinha o que ser roubado. 2º lugar: eu agradeço porque roubaram coisas e não roubaram a minha vida. 3º lugar: Eu agradeço porque eu é que fui roubado e não fui eu quem roubei. Um homem desses é feliz. Um homem desse todo mundo gosta de estar perto, porque ele é grato, ele é positivo, ele é alegre, ele tem Deus na vida dele. Agora o ranzinza, o amargurado, ele fede, onde ele está, está reclamando, está murmurando, reclama de tudo, xinga tudo, briga com tudo, está sempre reclamando das coisas. A vida azeda, a vida perde o sabor, o corpo adoece, são os médicos que dizem isso. Pessoas vão adoecendo, porque não aprenderam a agradecer, então eu quero fazer uma oração por você que quer agradecer por alguma coisa que você reclama, você quer agradecer por coisas ruins, mas você sabe que Deus vai transformar numa bênção. Você quer agradecer por aquilo que aconteceu, mas você crê que Deus vai fazer daquilo uma grande bênção na sua vida. Eu quero desafiar a você a agradecer a Deus com sinceridade. Deus eu te agradeço do meu coração: seja doença, seja perda, seja fracasso, seja o que for eu quero te agradecer hoje, lutas, eu quero te agradecer, pela fé, porque eu sei que o Senhor está agindo para o meu bem. Porque bom é render graças ao Senhor e em tudo dai graças porque essa é a vontade de Deus.  Eu quero desafiar você a agradecer. Onde você está, se você quer agradecer por alguma coisa que você não agradeceu, fique em pé e na presença de Deus você vai agradecer comigo. Fique em pé e você vai orar Deus eu quero te agradecer, quero te agradecer pelo meu chefe insuportável, eu quero te agradecer pelo meu vizinho, eu quero te agradecer, te agradecer Senhor. Eu quero te agradecer pelo problema que eu passei, eu quero te agradecer com o meu coração, eu quero te agradecer. Feche os seus olhos  agora e ore com sinceridade.

 2ª oração –Eu te agradeço Senhor pela luta, eu te agradeço pela provação, eu te agradeço pelas dificuldades, eu te agradeço Senhor por aquela injustiça que aconteceu comigo, eu te agradeço pela aquela humilhação que eu passei, porque como diz o salmista, foi bom ter sido afligido para que eu aprendesse os teus mandamentos. Eu te agradeço ó Deus, eu te agradeço por todas as lutas, por todas as perdas, por todas as perturbações, eu te agradeço, eu te louvo eu te bendigo, eu te agradeço porque o Senhor me perdoa, o Senhor me salva e me justifica, eu te agradeço ó Pai, Espírito Santo, eu sei que nesta hora nós estamos agradando o teu coração, porque esta é a vontade de Deus que o teu povo te agradeça, esta é a vontade de Deus que o teu povo dê graças e nós te damos graças porque nós sabemos e cremos, que Deus age em todas as coisas para o nosso bem. Como Jó, quando perdeu tudo o que tinha, ele se dobrou, ele se ajoelhou e disse “o Senhor o deu, o Senhor o tomou, bendito seja o nome do Senhor para sempre”. Louvado seja o teu nome Senhor, louvado seja o teu nome por tudo meu pai, por tudo porque em tudo nós vemos a tua mão, o teu poder e a tua maravilhosa graça. Em tudo nós vemos a tua misericórdia, em tudo nós vemos a tua bondade em tudo nós cremos que o Senhor transforma o mal em bem, o Senhor transforma a doença em saúde, o Senhor transforma a morte em vida, louvado seja o teu nome, louvado seja o teu nome, porque nós cremos nisto, e nós te adoramos Senhor, e nós te exaltamos e Te agradecemos. Bendize ó minha alma ao Senhor e tudo o que há em mim bendiga o Teu santo nome. Bendize ó minha alma ao Senhor e não te esqueças de nenhum só de seus benefícios, porque é Ele quem perdoa todas as tuas iniqüidades e quem sara todas as tuas enfermidades, quem da cova redime a tua vida, e te coroa de graça e de misericórdia, quem renova as suas forças como a águia, bendito seja o nome do Senhor.  Não nos deixe esquecer dos seus benefícios e expulsa da nossa alma a ingratidão, a murmuração e a reclamação. Expulsa da nossa alma, Senhor, a mágoa, o ressentimento e a amargura, expulsa do nosso coração todo sentimento danoso e tóxico ó Pai e traz a ação de graças do Espírito Santo.

Que do amanhecer ao anoitecer, do nascer do sol até o ocaso, louvado seja o nome do Senhor. Que na nossa vida haja sempre gratidão e louvor ao Senhor, gratidão e louvor ao Senhor meu Pai. Nós te agradecemos e te louvamos Senhor, por tudo, por todos os dias da nossa vida. Pelas horas boas e ruins, porque o Senhor estava lá conosco. Nós te agradecemos por tua fidelidade, nós te agradecemos até pelas coisas que nós não entendemos, mas nós te agradecemos, ó Pai, glórias ao teu Santo nome, hoje e para sempre, louvado seja o nome do Senhor, bendito seja o nome do Senhor, porque a tua graça é melhor do que a vida Senhor, e a tua graça nos cobrem dia a dia. Louvado seja o teu nome Senhor, hoje e para sempre. Aleluia, amém, glórias ao Teu nome Senhor, por meio de Jesus nós te agradecemos. Amém”.

                                                                                                                               

GELSON MAGALHÃES

Mensagem ministrada em 30/11/2014

Transcrição: Elisabete Leite