Neste Natal - por Gelson Magalhães
01/05/2015

Neste natal eu quero experimentar os sentimentos e ações das testemunhas oculares do nascimento de Cristo.
Neste natal eu quero me juntar à multidão da milícia celestial e louvar a Deus cantando bem alto: “Glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra entre os homens, a quem ele quer bem” (Lc 2.14).
Neste natal eu quero me entregar ao Senhor e submeter-me à sua Vontade como Maria “Aqui está a serva do Senhor; que se cumpra em mim conforme a tua palavra”.(Lc 1.38)
Neste natal eu quero cantar jubiloso como a mãe do nosso Salvador “A minha alma engrandece ao Senhor, e o meu espírito se alegrou em Deus, meu Salvador,”(Lc 1.46,47).
Neste natal eu quero adorar a Jesus entregando ofertas de amor como os magos que “Entrando na casa, viram o menino com Maria, sua mãe. Prostrando-se, o adoraram; e, abrindo os seus tesouros, entregaram-lhe suas ofertas: ouro, incenso e mirra”.(Mt 2.11)
Neste natal eu quero ficar maravilhado como a viúva Ana e dar “graças a Deus” e falar “respeito do menino a todos os que esperavam a redenção de Jerusalém”.(Lc 2.38) 
Neste natal eu quero ser cheio do Espírito Santo como Zacarias e profetizar “Bendito seja o Senhor, Deus de Israel, porque visitou e redimiu o seu povo,e nos suscitou plena e poderosa salvação na casa de Davi, seu servo,como prometera, desde a antiguidade, por boca dos seus santos profetas,para nos libertar dos nossos inimigos e das mãos de todos os que nos odeiam” (Lc 2.68-71)
Neste natal eu quero ouvir a voz do Senhor e obedecer rapidamente como José “eis que lhe apareceu, em sonho, um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber Maria, tua mulher, porque o que nela foi gerado é do Espírito Santo... Despertado José do sono, fez como lhe ordenara o anjo do Senhor e recebeu sua mulher”.(Mt 1.20,24).
Neste natal eu quero abandonar toda dúvida e incredulidade e crer com todo o meu coração que o nome do Salvador é Emanuel, que quer dizer Deus Conosco, que nos ensina que o nosso Deus não está distante, longe lá no céu, mas perto, próximo, encarnado, vivo e presente aqui.
Neste natal eu quero testemunhar com todo o meu ser que o “Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai”(Jo 1.14).

Pr. Gelson Magalhães