Natal: Tempo de encontro
22/04/2015

NATAL:TEMPO DE ENCONTRO Dezembro chegou e com ele a expectativa do Natal, mas infelizmente este está cada ano mais secularizado e esvaziado do seu sentido e significado original. Até entre os cristãos, não são poucos que se dedicam apenas a compras e festas e nada de oração, culto e comunhão espiritual. É urgente a necessidade de resgatarmos o verdadeiro natal e para isso vamos voltar aos acontecimentos que precederam o nascimento de Jesus em Lucas 1.26-51 e observar que o Natal é: 1. Tempo de Encontro do Céu com a Terra. No sexto mês Deus enviou o anjo Gabriel a Nazaré, cidade da Galiléia,a uma virgem prometida em casamento a certo homem chamado José, descendente de Davi. O nome da virgem era Maria. Lucas 1:26-27 Os seres celestiais visitam a Terra trazendo mensagens divinas, promessas gloriosas e feitos extraordinários. O Espírito Santo virá e a virgem conceberá. Impossíveis se tornam possíveis. Natal é tempo de sermos visitados pelo poder e graça do Altíssimo gerando vida, alegria e coisas novas e surpreendentes. 2. Tempo de Encontro humano. Naqueles dias, Maria preparou-se e foi depressa para a uma cidade da região montanhosa da Judéia, onde entrou na casa de Zacarias e saudou Isabel. Lucas 1:39-40 Maria, grávida da Promessa e do Espírito, vai ao encontro de Isabel, que era estéril e em idade avançada, mas que engravidou através do poder de Deus. Encontros humanos que são espirituais. Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, o bebê agitou-se em seu ventre, e Isabel ficou cheia do Espírito Santo. Em alta voz exclamou: "Bendita é você entre as mulheres, e bendito é o filho que você dará à luz! Lucas 1:41-42 O encontro dessas mulheres foi algo testificado pelo Espírito Santo, foi algo espiritual. Nesse período de natal, vamos ter muitos encontros e reencontros, que possamos ir além do social e humano, para as dimensões mais profundas e espirituais. 3.Tempo de Encontro de louvor. Logo que a sua saudação chegou aos meus ouvidos, o bebê que está em meu ventre agitou-se de alegria. Feliz é aquela que creu que se cumprirá aquilo que o Senhor lhe disse! "Então disse Maria: "Minha alma engrandece ao Senhor e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, Lucas 1:44-47 Isabel louva ao Senhor, o bebê no ventre vibra de alegria com a chegada da mãe do Salvador e Maria canta um belo hino de confiança e exaltação ao nosso Deus. O Nascimento de Cristo é marcado por cânticos, além de Maria, há o de Zacarias, Simeão, Ana, o dos anjos e creio que todo o universo canta ao Emanuel, Deus Conosco. Natal é tempo de cantar, louvar e bendizer o Deus vivo que se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade. Não troque os Cultos de adoração por festas sociais. Cante louvores, sozinho, em casa com a sua família e na igreja com o povo de Deus. Pr.Gelson Magalhães