Eclesiastes 6: Vencendo o dinheiro
01/05/2015

VENCENDO O DINHEIRO ECLESIASTES 5.8-6.9 PORQUE O DINHEIRO NÃO TRAZ FELICIDADE ? 1º. – Por sua insaciabilidade. “Quem ama o dinheiro jamais terá o suficiente; quem ama as riquezas jamais ficará satisfeito com os seus rendimentos. Isso também não faz sentido”.(5.10) 2º. – Por trazer sanguessugas . “Quando aumentam os bens, também aumentam os que os consomem..” (5.11a) “Quanto mais rica é a pessoa, mais bocas tem para alimentar”. (5.11 NTLH) 3º. – Por trazer ansiedade e preocupação. “O trabalhador pode ter pouco ou muito para comer, mas pelo menos dorme bem à noite. Porém o rico se preocupa tanto com as coisas que possui, que nem consegue dormir.” (5.12) 4º. – Por trazer a própria infelicidade. Há um mal terrível que vi debaixo do sol: riquezas acumuladas para infelicidade do seu possuidor. (5.13) Eu tenho visto neste mundo esta coisa triste: algumas pessoas economizam dinheiro e sofrem com isso.(5.13NTLH) 5º. – Por não levarmos nada dessa vida. Como entramos neste mundo, assim também saímos, isto é, sem nada. Apesar de todo o nosso trabalho, não podemos levar nada desta vida. (5.15) O homem sai nu do ventre de sua mãe, e como vem, assim vai. De todo o trabalho em que se esforçou nada levará consigo. (5.15NVI) PARA VENCER O PODER DO DINHEIRO: 1º. – Não somos donos de nada:A Socialização da terra. Se vires em alguma província opressão de pobres e o roubo em lugar do direito e da justiça, não te maravilhes de semelhante caso; porque o que está alto tem acima de si outro mais alto que o explora, e sobre estes há ainda outros mais elevados que também exploram.O proveito da terra é para todos; até o rei se serve do campo.(5.8,9) 2º. Precisa gastar, desfrutar de sua grana. “Assim, descobri que o melhor e o que vale a pena é comer, beber, e desfrutar o resultado de todo o esforço que se faz debaixo do sol durante os poucos dias de vida que Deus dá ao homem, pois essa é a sua recompensa. (5.18) 3º. – Receber tudo como dádiva, sem culpa pela própria felicidade. E, quando Deus concede riquezas e bens a alguém, e o capacita a desfrutá-los, a aceitar a sua sorte e a ser feliz em seu trabalho, isso é um presente de Deus. (5.19) 4º. – Colocar os olhos na realidade e não na virtualidade. É muito melhor ficar satisfeito com o que se tem do que estar sempre querendo mais.(6.9) Melhor é contentar-se com o que os olhos vêem do que vaguear o apetite. Isso também não faz sentido, é correr atrás do vento.(6.9 NVI) 4º. – Colocar os olhos na realidade e não na virtualidade. “Ordene aos que são ricos no presente mundo que não sejam arrogantes, nem ponham sua esperança na incerteza da riqueza, mas em Deus, que de tudo nos provê ricamente, para a nossa satisfação” (1 Tm 6.17) 5º. – Colocar a satisfação naquilo que é eterno e não no que é efêmero. “o homem a quem Deus conferiu riquezas, bens e honra, e nada lhe falta de tudo quanto a sua alma deseja.(6.2) Se alguém gerar cem filhos e viver muitos anos, até avançada idade, e se a sua alma não se fartar do bem, e além disso não tiver sepultura, digo que um aborto é mais feliz do que ele (6.3) FOME DO CORPO OU DA ALMA? Também pôs no coração do homem o anseio pela eternidade;(3.11) Todo o esforço do homem é feito para a sua boca, contudo, o seu apetite jamais se satisfaz.(6.7) O apetite do trabalhador o obriga a trabalhar; a sua fome o impulsiona.(Pv 16.26) A SOLUÇÃO PARA A FOME DA ALMA 1º. – A Palavra de Deus. Jesus respondeu: "Está escrito: ‘Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus’".(Mt 4.4) 2º. – O Pão Vivo Este é o pão que desceu do céu. Os antepassados de vocês comeram o maná e morreram, mas aquele que se alimenta deste pão viverá para sempre".(João 6.58) 3º. Satisfação espiritual De fato, a piedade com contentamento é grande fonte de lucro,pois nada trouxemos para este mundo e dele nada podemos levar; por isso, tendo o que comer e com que vestir-nos, estejamos com isso satisfeitos.(1 Tm 6.6)